Resenha: O Garoto dos Olhos Azuis - Raiza Varella

"Querida, o cavalo branco só passa uma vez na vida, se você deixá-lo escapar não terá outra chance."

"O Garoto dos Olhos Azuis" é o primeiro volume da Trilogia Encantados. No livro vamos acompanhar um romance cheio de reviravoltas e envolvente do início ao fim.

Em "O Garoto dos Olhos Azuis" vamos conhecer Bárbara, que quando assistiu seu primeiro casamento, prestou atenção da reação do noivo que estava ao altar, e desde então, ela sonha com esse momento. Tudo que ela deseja é entrar na igreja vestida de noiva e ver seu futuro marido a esperando completamente emocionado. O livro já começa com Bárbara prestes a realizar seu sonho, mas assim que ela entra na igreja, ela não consegue ver aquela expressão de apaixonado no rosto do seu noivo, e no meio da cerimônia ele cancela o casamento e fala que está apaixonado pela madrinha e melhor amiga da Bárbara.

Com o coração em pedaços e seu sonho destruído, Bárbara resolve fugir da situação, e vai para a casa dos pais. Bárbara passa seus dias tentando processar tudo que aconteceu, e tendo que lidar com os olhares de pena da mãe, ela acaba cansando da situação e vai morar com seus dois irmãos e mais dois amigos deles, até que sua vida volte ao normal e ela consiga um apartamento só para ela.

"Todo mundo já teve um grande primeiro amor. A única diferença é que a maioria das pessoas consegue superá-lo."

Essa mudança acaba bagunçando mais ainda a vida da Bárbara. Ela parou de acreditar no amor e está totalmente desiludida com os homens, mas acaba tendo que conviver com quatro homens que querem mandar nela o tempo todo, mas que ao mesmo tempo passam a ser peças importantes para Bárbara superar essa fase difícil.

Eu gostei muito da forma como a autora desenvolveu a protagonista, leva um tempo para se recuperar e no final, ela se torna uma mulher muito mais madura e dona de si. E claro que o destino vai dar uma forcinha para ela encontrar seu príncipe encantado. Ian é um dos um amigos que divide o apartamento com Bárbara, e apesar da relação deles ser marcada por várias brigas, a amizade e a vontade de proteger e ajudar Bárbara falam mais alto no Ian. Mas o problema é que ele não gosta de relações sérias e ele sabe que Bárbara merece muito mais do que apenas uma noite, além dele não querer problemas com os irmãos ciumentos de Bárbara.

"O Garoto dos Olhos Azuis" é um livro encantador, e através dos personagens a autora conseguiu passar algumas mensagens importantes sobre recomeço, perdão e a nunca desistir do verdadeiro amor. E quando tudo parecia se resumir no romance entre Bárbara e Ian, a autora acrescenta mais umas pitadas de drama e leva a estória para um rumo completamente diferente, que me surpreendeu.  Apesar de todo drama presente na estória, a autora conseguiu deixar a trama leve, envolvente, reflexiva e cheia de diálogos engraçados. E tudo isso, sem tirar aquele ar de conto de fadas.

"Porque eu nunca senti por ninguém o que eu sinto por ela. Porque ela é única, é linda, é meiga e extremamente chata como só ela conseguiria ser, porque ela é meu primeiro e último pensamento do dia, porque seu cheiro me deixa louco e seu sorriso me desarma. Eu faria tudo por ela."

A diagramação do livro está linda demais, com simples ilustrações no começo de cada capítulo e no cantinho de cada página, ajudando naquele toque mágico presente na estória. O livro é dividido em seis partes, e no começo de cada parte temos um pequeno texto escrito no estilo conto de fadas nos alertando para o que virá nos próximos capítulos. Alem de uma capa maravilhosa, com uma fotografia e tons que transmitem uma sensação boa.

"O Garoto dos Olhos Azuis" foi publicado pela editora Pandorga, e eu indico a leitura para quem gosta de romances cheio de aprendizados, amadurecimentos e uma dose de humor.


Um comentário: